domingo, 29 de junho de 2014

Serial killer – O que leva a isso?

Hoje, conversando com uma pessoa sobre crianças, me veio isso na cabeça!
Nós nos perguntamos: “O que leva a isso?” Bem, a maioria dos serial killers foram abusados fisicamente e/ou mentalmente quando crianças.

É quase desnecessário dizer que a maioria dos serial killers foram abusados quando crianças. De acordo com as entrevistas e discussões que foram realizadas com conhecidos serial killers, abuso emocional e negligência tem sido a forma de abuso sofrida pela maioria deles (50%) ainda na infância e/ou adolescencia.
Eles foram humilhados, muitas vezes – e quando os pais aplicavam uma “disciplina”, ela era injusta, imprevisível, destrutiva e perversa. Mesmo quando uma criança é simplesmente negligenciado, pode ocorrer enormes falhas de desenvolvimento. A criança vai se tornar insensível, ela vai começar a acreditar que este mundo emocionalmente estéril que a rodeia é algo normal – e assim ela vai crescer desprovida de empatia pelos outros.
Abuso emocional prejudica a auto-estima de uma criança, e interfere em sua capacidade de função de forma inadequada na sociedade, no sucesso acadêmico e em relacionamentos íntimos. É por isso que vemos que os serial killers muitas vezes não conseguem manter os seus postos de trabalho por qualquer período de tempo e só raramente têm relacionamentos bem sucedidos, com a vida … E a empatia por outros seres humanos e animais, torna-se praticamente nula.
Se observarmos bem, eles são nada mais, nada menos que vítimas da sociedade. Eles não nascem assim, a sociedade os torna assim. Afinal, somos todos vítimas.


http://4.bp.blogspot.com/-dIOKFk1yq1U/T7Ti3VSJs0I/AAAAAAAACTw/yHHJNWMXci4/s1600/mariusz-oleszkiewicz-arte+grotesca+(11).jpg


http://3.bp.blogspot.com/-pdKS12oiL7k/T7Ti2IYOC_I/AAAAAAAACTo/BWSPhWAPhTg/s1600/mariusz-oleszkiewicz-arte+grotesca+(10).jpg



http://3.bp.blogspot.com/-9QJPbVKQzog/T7Ti-MnstgI/AAAAAAAACUw/V69UL0E76IQ/s1600/mariusz-oleszkiewicz-arte+grotesca+(9).jpg




Arte por: Mariusz Oleszkiewicz!


;***********

Nenhum comentário:

Postar um comentário